Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

EUROPA (1991)



O início do filme é hipnotizante. Se o espectador se concentrar na imagem (a preto e branco) dos caminhos-de-ferro a serem percorridos sem fim, ao som de uma voz grave que no ajuda a repousar e nos convence a seguir as suas instruções, acaba por entrar no transe hipnótico que serve de base para o início de uma das primeiras longas metragens do carismático, controverso e mal-amado realizador Lars von Trier.


Leopold Kessler (Jean-Marc Barr) é um jovem americano, de ascendência germânica, que em finais de 1945 toma a decisão de viajar até à Alemanha arruinada pela guerra. Decidido a mudar o mundo, pelo bem, consegue um emprego na companhia ferroviária Zentropa onde o seu tio trabalha. Numa das suas primeiras viagens, conhece Katharina Hartmann (Barbara Sukowa), filha do seu patrão, que o convida para o seu camarote. A sua admiração pela coragem e ousadia do jovem Kessler, levam-no, poucos dias depois, ao seu primeiro jantar em casa da família Hartmann, onde contacta com o seu patrão e com um dos mais importantes comandantes americanos, que controlam a Alemanha do pós-guerra. A paixão por Katharina desenvolve-se aos poucos e ambos se apaixonam.


Entretanto, Kessler começa a perceber o grande conflito civil que o país vive. A presença de Lobisomens (Alemães integrados nas comunidades Americanas, com princípios nazis e vontade de restituir, a todo o custo, a Alemanha aos Alemães e expulsar os americanos) é constante e está instalada em todos os estratos sociais. Inclusivamente Katharina, a mulher que ama, confessa-lhe já ter estado envolvida nessa sociedade, algo que este tolera e aceita. Após o suicídio do pai de Katharina, a polícia americana confisca todos os bens da família e esta abandona Frankfurt, acabando por se casar com Leopold. Mas não é o fim. Kessler é diariamente assediado, por ambas as partes, com constantes pedidos de intervenção. Kessler é forçado a tomar um partido. E a sua escolha determina o final de Europa, um lugar para onde o espectador é transportado e que nunca mais poderá abandonar.


Nota Final:
A-



Trailer:





Informação Adicional:

Realização: Lars von Trier
Argumento:
Lars von Trier e Niels Vørsel
Ano: 1991
Duração:
112 minutos