Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

FOUR LIONS (2010)



"They'll pump you full of Viagra. Make you fuck a dog!"


Há muito tempo que não ria com tanta vontade. Four Lions é absolutamente desconcertante, e ao conseguir ridicularizar alguns dos mais obscuros tabus sociais de uma forma tão simples e criativa, transformou-se, naturalmente, num dos melhores filmes de 2010.


O filme não é mais do que uma inteligente sátira sobre os ataques suicídas aos países do ocidente, desenvolvendo a sua história a partir das reuniões de um grupo de cinco amigos, liderado por Omar (claramente o mais perspicaz do gang) que começa por viajar juntamente com Waj até ao Afeganistão, local de onde fogem depois de um conjunto de problemas tão caricatos quanto ridículos. É impossível ficar indiferente.


Enquanto os dois estão ausentes de Inglaterra, Barry recruta Hassan, um promissor revolucionário, que simula um ataque suicida ao som de um RAP de Tupac num dos pontos altos do filme. Juntamente com Fessal, os três começam os preparativos para a grande missão das suas vidas.


Com o regresso de Omar e Waj, o grupo começa a delinear a estratégica a seguir e o alvo a atacar. Cedo se percebe que o plano tem tudo para correr mal mas, fintando os inúmeros contra-tempos que os próprios "bombistas" conseguem criar, o grupo chega, mal e porcamente, à última etapa da sua jornada. E a um passo da grande decisão, qual o caminho que estes fiéis revolucionários irão tomar? A resposta fica para o leitor descobrir.


É fantástico. É humor do mais negro e ácido que vi em 2010. Christopher Morris, vencedor do BAFTA em 2010 para "Outstanding Debut by a British Writer, Director or Producer" vai andar debaixo do meu olho. O do seu também, espero.

Nota Final:
A-



Trailer:




Informação Adicional:
Realização: Christopher Morris
Argumento: Christopher Morris
Ano: 2010
Duração: 97 minutos