Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

Sons da minha vida (I)


Na rubrica "Sons da Minha Vida", vamos focar-nos num dos meus compositores favoritos todas as semanas. 




Dario Marianelli, nascido em Pisa, quase que escapou a uma carreira célebre no mundo do cinema. A decisão de se mudar para Londres para aprender mais sobre música clássica foi, segundo ele, dos maiores riscos que alguma vez cometeu, todavia, como sabemos hoje, foi a escolha acertada.

Afortunadamente, Terry Gilliam contratou-o para substituir Goran Bregovic na composição musical para "The Brothers Grimm" em 2004. Daí até à colaboração com Joe Wright em "Pride and Prejudice" foi um passo e com isto veio a primeira nomeação aos Óscares da Academia. Projectos diversos com realizadores tão distintos como Asif Kapadia, Billie August e Michael Caton-Jones e os irmãos Wachoswki foram florescendo novo material para o compositor, que considera ter atingido o seu estado de graça em nova colaboração com Joe Wright em 2007. O filme em questão é "Atonement" e valer-lhe-ia o seu primeiro troféu da Academia, inteiramente merecido. No seu período pós-Óscar o compositor tentou outros estilos, de "Eat Pray Love" a "The Soloist", voltando ao que melhor sabe fazer para Alejandro Amenabar ("Agora") em 2009 e para o segundo filme do promissor realizador Cary Fukunaga, "Jane Eyre", o ano passado. 

O que o espera no futuro? Nova colaboração já este ano com Joe Wright ("Anna Karenina") - trará esta a sua terceira nomeação? - e a potencialmente Oscarizável estreia de Dustin Hoffman a realizador ("Quartet").

De entre o seu prolífico e magnífico trabalho, escolhi para vossa apreciação estas cinco faixas:


"Dawn" - PRIDE AND PREJUDICE


"Two Thousand Hundred Books" - AGORA


"Attraversiamo" - EAT PRAY LOVE


"Yes" - JANE EYRE


 E a minha favorita pessoal - "Elegy for Dunkirk", de "ATONEMENT" (assombra-me o uso do coro de vozes dos soldados a ecoar à distância):