Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

Personagens do Cinema - Léon


Um dos melhores filmes da década de 90. Um dos finais mais intensos, inesperados e dramáticos que alguma vez vi. Léon foi uma personagem desenhada bem ao jeito de Jean Reno, da qual se retirou todo o rendimento possível. Jean Reno, habitualmente um cinzento actor que passa ao lado da grande maioria dos filmes onde entra e que, no meu entender, já esgotou o stock de personagens francesas em filmes americanos, conseguiu ficar para a história neste surpreendente thriller que se tornou ainda mais badalado pela estreia de uma irreverente e carismática actriz de catorze anos: Depois de Léon, Natalie Portman ganhou um meritório lugar entre as mais promissoras actrizes da sua geração (rótulo que acabou por confirmar em Black Swan, onde encheu o ecrã e apontou uma das melhores interpretações dos últimos tempos).


Léon é um profissional da morte. Um hitman cheio de versatilidade, capaz de cumprir com perfeição todo e qualquer trabalho a mando de Tony (Danny Aiello), um poderoso mafioso que manobra todas as suas investidas no mercado da droga e corrupção a partir do seu restaurante. Solitário, reservado, misterioso, Léon vive sozinho num apartamento de Nova Iorque onde passa os dias com uma planta que trata com carinho e em quem deposita todo o seu amor.


A sua vida muda quando, por mero acaso, conhece Mathilda (Natalie Portman), uma jovem que apesar de ainda estar a dar os primeiros passos na adolescência, já revela uma maturidade e uma inteligência que de imediato captam a atenção de Léon. Após o assassínio da família de Mathilda, Léon acolhe-a e ensina-lhe aquilo que melhor sabe fazer: matar sem piedade. Numa busca incessante por Stansfield (Gary Oldman), o polícia corrupto que destruiu a família de Mathilda, Léon revela-se um coração doce e um amigo fiel. Um hitman que sabe matar por amor, um homem que se abre ao mundo que o rodeia e recebe, com felicidade e alívio, o que nele existe.

2 comentários

Comentar post