Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

Walt Disney, 50 filmes depois - um top diferente do habitual



Continuando a lista a caminho do #1...


Para comemorar a estreia de "Tangled", a continuar na senda musical dos últimos dias (ainda virá mais um artigo a respeito de bandas sonoras mais daqui a pouco), decidi compilar um top consideravelmente diferente: em vez de analisar, classificar, ou listar os cinquenta filmes da Disney por ordem de preferência, vou optar por fazer uma lista.

A minha lista, contudo, não será dos filmes. Será das músicas. Colocando cinco músicas por dia, chegaremos a dia 31 de Dezembro com as minhas cinquenta músicas preferidas do universo Disney.



Primeiro, queria pedir-vos um favor: não julguem a lista nem a levem demasiado a sério. Acaba por ser uma escolha muito pessoal e, quando assim é, é sempre bem feito. Estamos a falar de músicas que nos dizem a todos coisas diferentes, que nos transportam para outro mundo, que nos ensinaram e nos acompanharam ao longo do nosso crescimento. 

Queria pedir-vos ainda outra coisa: que me vão apontando, ao longo dos dias, sugestões de músicas que eu possa talvez ter esquecido e que vocês gostavam que incluísse na lista. Agradecia o máximo de sugestões possíveis (tentem não pensar nas mais óbvias, daquelas que indubitavelmente eu teria na lista).


"AS MINHAS CINQUENTA MÚSICAS DISNEY FAVORITAS",
por Jorge Rodrigues
 

#50-46 | #45-41 | #40-36 | #35-31 | #30-26
#25-21 | #20-16 | #15-11 | #10-6 | #5-1





25. "A Dream Is a Wish Your Heart Makes", CINDERELLA


Acima de tudo, é uma linda canção de amor. Por debaixo do que poderia ser desprezado como mais uma canção melódica como tantas outras da Disney, está toda uma emocionante viagem pela alegria e pela fantasia por onde este clássico da Disney nos transporta. E é isto que a diferencia das restantes. Tinha que ter uma música da CINDERELLA aqui. Foi esta que escolhi. Retrata bem o optimismo dela em sair da situação em que se encontrava.


Versão Original:

Versão Portuguesa:




24. "I'll Make a Man Out of You", MULAN

Sem dúvida, uma das melhores dobragens portuguesas de sempre. "I'll Make a Man Out of You" é engraçada em inglês, mas é na nossa língua que encontra todo o seu encanto e charme. Além de ter piada, é uma música que assenta particularmente bem a esta sequência do filme. Estaria acima se a versão inglesa não fosse tão má.


Versão Original:

Versão Portuguesa:








23. "In a World of My Own", ALICE IN WONDERLAND

Quem me conhece sabe do meu fascínio pela ALICE. Talvez por também eu criar muitas vezes um "mundo meu" onde me fecho e me entretenho, talvez porque ainda hoje sou uma criança com mil e uma perspectivas do mundo onde vivo, esta é uma das músicas que mais me toca. Por curiosidade, vou contar-vos que no esboço inicial da lista ela era a #40. De cada vez que cá venho colocar cinco músicas, ela foi subindo. Mas desta vez não podia subi-la mais. Ela é genial e uma bela homenagem aos sonhos e ao contraste com a realidade, contudo não é assim tão boa para merecer estar mais acima.


Versão Original:

Versão Portuguesa (Brasil - a que conheci):



Versão Portuguesa (a que agora se encontra à venda):






22. "Someday My Prince Will Come", SNOW WHITE AND THE SEVEN DWARFS


O primeiro grande clássico da Disney tinha como pano de fundo uma banda sonora de sonho. Este tema, "Someday My Prince Will Come", é ainda hoje reconhecido por qualquer pessoa e espelha tão bem a mensagem de amor, de felicidade e de bondade que o filme transmite. Foi a primeira grande canção de amor Disney e só por isso merecia um lugar de destaque entre as minhas melhores.

Versão Original:

Versão Portuguesa:





21. "The Bells of Notre Dame", THE HUNCHBACK OF NOTRE DAME

Uma das melhores músicas desta lista, até a podia ter colocado mais alto. Brilhante, imperial, a impor respeito. Até hoje acho que é a banda sonora Disney mais potente e mais desprezada. Não fosse a constante introdução de diálogo nos trechos da canção, esta música estaria no meu top-10. É que a canção em si e em particular o refrão no final, "Dobra ao som de Notre Dame", é belíssimo. Alan Menken e Stephen Schwartz no seu melhor.


Versão Original:

Versão Portuguesa:





E a lista continua amanhã...

4 comentários

Comentar post