Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

UNDER GREAT WHITE NORTHERN LIGHTS (2009)



"If you listen to a White Stripes record, there’s a lot of different things happening, a lot of different songs and personalities happening. I think your brain starts to forget there’s only two people doing it."

Não tenho por hábito ver os DVDs que as bandas lançam para o mercado na procura de mais uns trocos para encher os bolsos.


Primeiro porque não gosto de perder duas horas do meu tempo a ver um concerto pela televisão e em segundo porque a grande maioria destes dvds não me traz nada de novo que me faça parar, sentar e estar atento enquanto decorre o concerto.

Mas existe actualmente na música um guitarrista que, como já li em algumas revistas e sítios da internet "fez renascer o rock" ou "trouxe o rock para o século XX". Jack White é para mim a grande figura da música da década passada. Embora os White Stripes tenham começado a tocar em 1997, foi na década passada que o mundo se rendeu a este genial guitarrista, compositor, letrista, pianista. Jack White é sinónimo de música de qualidade, e a sua capacidade criativa é tão vasta que o leva a entregar-se a inúmeros projectos e a fazer de todos eles, projectos vencedores.
Mais do que um fan de White Stripes, eu sou um tremendo fan de Jack White.


"Under Great White Northern Lights" é mais do que um dvd com um concerto de uma simples banda. Neste filme, Jack e Meg comemoram os primeiros dez anos de vida dos White Stripes, fazendo um balanço do que aconteceu, dando-se a conhecer melhor, demonstrando que a sua cumplicidade vai para lá do palco e desvendando segredos, tudo isto enquando nos mostram os melhores momentos de uma tour que teve como objectivo tocar em todas as povoações do Canadá.


O trailer é muito sugestivo da potência do filme e, a partir do momento em que o descobrimos, é impossível não querer ver mais.


Nota Final: B+

Trailer:


2 comentários

Comentar post