Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

FORCE MAJEURE, de Ruben Östlund

force_majeure_01.jpg

 

A culpa é um dos sentimentos mais complexos e desafiantes do cinema. Quem viu The Machinist (a obra onde Brad Anderson levou Christian Bale ao limite) facilmente percebe que, para se ser bem sucedido, a atmosfera claustrofóbica tem de saltar do ecrã e infetar o subconsciente do espectador. Ruben Östlund conseguiu fazê-lo. No cenário dos Alpes franceses, uma família sueca em férias debate-se com uma inesperada crise familiar. A dada altura o pai Tomas amaldiçoa o seu subconsciente, a sua reação impulsiva. Force Majeure é um exercício de reflexão que nos acompanha muito para lá das suas duas horas.