Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

MISSION IMPOSSIBLE - ROGUE NATION, de Christopher McQuarrie

Mission-impossible-Rogue-Nation.jpg

 

Tudo começa com um cinquentão Tom Cruise agarrado a um avião. Só para deixar bem claro que ele não está aqui para brincadeiras - a saga de Missão Impossível está mais viva do que nunca e, ao quinto filme, Tom Cruise continua a dar tudo quando veste a pele de Ethan Hunt. É verdade que Tom Cruise é um dos melhores piores actores de Hollywood, é verdade que o filme carimba todos os estereótipos de Hollywood, é verdade que no final o bom vence o mau, é verdade que aqui é sempre tudo à grande.

 

Mission-Impossible-Rogue-Nation-Movie-Direct-Downl

 

Mas, fuck it, foi para isto que Missão Impossível apareceu. Nasceu para ensinar a todos os outros como se faz e, felizmente, depois de engasgar no segundo e terceiro filmes, reentrou nos eixos no filme de 2011 e chega a 2015 melhor do que nunca. Se não for adepto, não vale a pena forçar - vai encontrar mil e uma justificações para não gostar (que eu, pessoalmente, vou achar absurdas). Se gostar de Ethan Hunt tanto quanto eu, então vai adorar - Rogue Nation é Missão Impossível do mais brutal que já foi feito, do primeiro ao último minuto.

Personagens do Cinema - Roger "Verbal" Kint



"Who is Keyser Soze? He is supposed to be Turkish. Some say his father was German. Nobody believed he was real. Nobody ever saw him or knew anybody that ever worked directly for him, but to hear Kobayashi tell it, anybody could have worked for Soze. You never knew. That was his power. The greatest trick the Devil ever pulled was convincing the world he didn't exist. And like that, poof. He's gone."



Aceito que alguns considerem esta escolha controversa. Mas eu adoro Kevin Spacey, adoro o filme The Usual Suspects e senti um prazer enorme ao ver Roger Kint enganar-me durante todo o filme e, no final, ainda se rir de mim com toda a categoria.


Num dos grandes filmes da década de 90, vencedor do Oscar para Melhor Actor Secundário (para Kevin Spacey) e de Melhor Argumento Original (Christopher McQuarrie), é nos dada a conhecer a investigação policial levada a cabo por Dave Kujan (Palminteri) após ter sido descoberto um barco destruído na doca de São Pedro, California juntamente com mais de duas dezenas de homens mortos e muitos milhões de dolares desaparecidos.


Apenas se encontram dois sobreviventes junto ao local: Um Hungaro, que identifica Keyser Söze (um conhecido mafioso turco) como sendo o responsável por tal atentado, e Roger 'Verbal' Kint que desde logo se mostra disposto a colaborar com a polícia. Juntamente com outros grandes nomes do cinema (Gabriel Byrne, Stephen Baldwin, Kevin Pollack e Benicio Del Toro) Roger cria uma história fantástica, de uma mestria impressionante nos campos da mentira e da imaginação, arrastando consigo não só Dave Kujan mas também o espectador para um final surpreendente.


Não vos quero revelar muito mais porque o filme é imperdível e vale a pena ser visto sem se saber muito sobre ele. The Usual Suspects é todo ele um sucesso, capaz de fazer as delícias não só dos fans dos thrillers policiais como também dos fans do cinema com qualidade. E se é recordado com saudade e admiração, deve-o totalmente a Roger "Verbal" Kint.