Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

Globos de Ouro 2011 - Comentários às Nomeações (Televisão)

Depois de revelados os nomeados, depois de ponderar neles, é tempo de fazer a minha apreciação. Peço desculpa por ter demorado tanto tempo, mas mais vale tarde que nunca.

Começamos pelas categorias de TELEVISÃO:


Melhor Série - Drama
BOARDWALK EMPIRE
DEXTER
MAD MEN
THE GOOD WIFE
THE WALKING DEAD

Comentário: Continuando a tradição de abraçar de peito aberto as novas séries, os Globos decidiram trocar o sobrenatural "True Blood", a decair em popularidade com os Globos de Ouro, pelo sobrenatural "The Walking Dead" (que por só ter meia-dúzia de episódios, pensava que iam considerar em mini-série) e colocar merecidamente "Boardwalk Empire" entre os nomeados, por troca com "House", que finalmente abandona os nomeados. "Dexter" e "Mad Men", séries em topo de forma, seguram o seu lugar e "The Good Wife" vence o braço de ferro com os Globos de Ouro (que o ano passado só tinham "notado" Margulies), com múltiplas nomeações este ano.


Vencedor: "Mad Men" continua tão boa aposta como antes, mas parece-me que este ano passa a pasta para "Boardwalk Empire" ou até "The Good Wife".



Melhor Série - Comédia/Musical
30 ROCK
GLEE
MODERN FAMILY
THE BIG BANG THEORY
THE BIG C
NURSE JACKIE

Comentário: Categoria muito interessante, com "The Office" a ser completamente ignorado este ano, excepção feita a Carell, como sempre. "30 Rock", "Glee" e "Modern Family" retornam com o seu buzz habitual, às quais se junta a nova série comédica do momento, "The Big C" e, algo que igualmente me surpreende e alegra, "Nurse Jackie" e "The Big Bang Theory" a estrearem-se com nomeações de relevo, algo de inédito em particular para o segundo caso, que nem nos Emmy havia logrado tal feito.

Vencedor: Como aqui o vencedor passa normalmente a pasta ("The Office" foi o único que venceu duplamente a categoria esta década, em 2007 e 2008), veremos "Glee" a passar o testemunho a "Modern Family" ou até mesmo "The Big C".


Melhor Actor - Drama
Steve Buscemi, BOARDWALK EMPIRE
Jon Hamm, MAD MEN
Michael C. Hall, DEXTER
Hugh Laurie, HOUSE M.D.
Bryan Cranston, BREAKING BAD




Melhor Actriz - Drama
Katey Sagal, SONS OF ANARCHY
Elizabeth Moss, MAD MEN
Julianna Margulies, THE GOOD WIFE
Piper Perabo, COVERT AFFAIRS
Kyra Sedgwick, THE CLOSER

Comentário: Finalmente os Globos de Ouro a reconhecerem a qualidade de duas séries, "Sons of Anarchy" e "Breaking Bad", mesmo que seja só através dos seus dois actores. Katey Sagal e Bryan Cranston merecem-no. Margulies era óbvio que iria repetir (e é favorita para voltar a vencer), Sedgwick a mesma coisa. Continua a mania de "Mad Men" ter que repartir a riqueza na categoria de Melhor Actriz, seja nos Globos ou nos Emmy, com Elizabeth Moss a ocupar o lugar que por dois anos havia sido de January Jones (injustamente, diga-se, porque esta foi a melhor temporada de Betty Draper) e o voto populista levou a que Piper Perabo, ridiculamente, conseguisse uma nomeação nesta categoria onde todas as outras nomeadas são imensamente superiores. A restante categoria de Melhor Actor não tem outras surpresas, o que não é de admirar - porque estes cinco senhores são similarmente brlhantes, todos eles.

Vencedor: Hugh Laurie ganhou em 2006 (e 2005), Jon Hamm ganhou em 2007, Gabriel Byrne em 2008, Michael C. Hall em 2009 e portanto só resta Steve Buscemi ou Cranston. Como é o primeiro que tem a série em estreia, deve ser ele o vencedor.


Melhor Actriz - Comédia/Musical
Tina Fey, 30 ROCK
Edie Falco, NURSE JACKIE
Toni Collette, THE UNITED STATES OF TARA
Lea Michele, GLEE
Laura Linney, THE BIG C




Melhor Actor - Comédia/Musical
Alec Baldwin, 30 ROCK
Steve Carell, THE OFFICE
Jim Parsons, THE BIG BANG THEORY
Matthew Morrison, GLEE
Thomas Jane, HUNG

Comentário: Nas senhoras, temos todas elas (menos Julia Louis-Dreyfus, cuja série terminou) a repetir a nomeação aqui, depois de terem transitado com sucesso dos Globos de Ouro em 2010 para os Emmy também, com a troca pequena de Courteney Cox (injustamente roubada, uma vez mais, de uma nomeação, tanto aqui como nos Emmy) pela mulher a bater este ano em Comédia - Laura Linney. Nos senhores, os nomeados do ano passado repetem-se todos, promovendo-se só aqui a troca de David Duchovny (a perder gás) por Jim Parsons (imensamente merecida; provavelmente no seguimento da sua vitória nos Emmy).

Vencedor: Por algum motivo é o alvo a abater: Laura Linney chegou, viu e vem para vencer. E nos senhores, depois de quatro anos, se calhar é altura de Baldwin deixar o prémio para mais alguém, possivelmente será Jim Parsons ou (finalmente, até porque vai deixar a série) Steve Carell.


Melhor Actor Secundário
Scott Caan, HAWAII FIVE-0
Christ Noth, THE GOOD WIFE
Eric Stonestreet, MODERN FAMILY
Chris Colfer, GLEE
David Strathairn, TEMPLE GRANDIN



Melhor Actriz Secundária
Jane Lynch, GLEE
Sofia Vergara, MODERN FAMILY
Julia Stiles, DEXTER
Kelly Macdonald, BOARDWALK EMPIRE
Hope Davis, THE SPECIAL RELATIONSHIP

Comentário: Todos os anos acabo por ficar irritado com os Globos de Ouro e as categorias secundárias, pela escolha arbitrária de algumas interpretações e de outras não e pelo facto de colocar todos os actores secundários em dois sacos, só fazendo separação por sexo. Irrita-me isto, até porque na maioria das vezes os secundários são personagens (e interpretações) mais fascinantes que os protagonistas. Mas enfim. Considero que são dois bons grupos de nomeados, o de homens invariavelmente bem mais forte que o das mulheres. As múltiplas menções de Chris Colfer começam a embaraçar-me já, não só porque não acho que o papel seja assim tão complicado de interpretar como e sobretudo por ter sido nomeado na variante de Comédia/Musical, sendo que tudo o que envolve a sua personagem naquela série é Drama, não comédia. Aquilo é uma interpretação dramática. Dito isto, concordo com as menções de Strathairn, Stonestreet e Noth, de longe a personagem mais intrigante de "The Good Wife" (num elenco que poderia todo estar aqui - e seria merecido isso acontecer - nomeado). O voto populista em Scott Caan já é apanágio dos Globos de Ouro, acontecendo todos os anos (ver Simon Baker em 2009/2010 ou Piper Perabo este ano). Nas mulheres, Lynch é a única a repetir a nomeação e Davis é a única a transitar das categorias de Tele-Filmes e Mini-Séries dos Emmy. Vergara (merecidamente) junta-se ao lote de nomeados, que é completado pela decente escolha de MacDonald e pela não tão interessante escolha de Stiles. Baranski ou Panjabi ("The Good Wife") seriam infinitamente melhores escolhas. Ou Hendricks ("Mad Men").

Vencedor: Tendo sido roubada o ano passado, não há dúvidas que Jane Lynch é a favorita, com Sofia Vergara como uma interessante possibilidade. Para Actor Secundário, tudo em aberto, com Eric Stonestreet a ter uma (ligeira) vantagem.


Melhor Telefilme ou Mini-série
THE PACIFIC
CARLOS
TEMPLE GRANDIN
PILLARS OF THE EARTH
YOU DON'T KNOW JACK

Melhor Actor - Telefilme ou Mini-séri
Idris Elba, LUTHER
Ian McShane, PILLARS OF THE EARTH
Al Pacino, YOU DON'T KNOW JACK
Dennis Quaid, THE SPECIAL RELATIONSHIP
Edgar Ramirez, CARLOS

Melhor Actriz - Telefilme ou Mini-série
Claire Danes, TEMPLE GRANDIN
Hayley Atwell, PILLARS OF THE EARTH
Judi Dench, RETURN TO CRANFORD
Romola Garai, EMMA
Jennifer Love-Hewitt, THE CLIENT LIST

Comentário: Só deixar aqui duas notas: "Temple Grandin", "The Special Relationship" e "You Don't Know Jack" continuam a coleccionar prémios há quase mais de um ano. E "Carlos", o (supostamente) excelente filme de Assayas, como não pode ser reconhecido pela HFPA e pela Academia como Filme, ao menos tem ganho reconhecimento pela sua "transformação" televisiva.

Vencedor: Claire Danes para Melhor Actriz, Al Pacino para Melhor Actor e "Carlos" ou "The Pacific" para Melhor Mini-Série/Tele-Filme (se bem que qualquer um dos cinco na lista pode vencer).


5 comentários

Comentar post