Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

Emmy 2010: Melhor Actor, Comédia/Drama

A contar os dias para a cerimónia dos Emmy 2010, a decorrer no dia 29 de Agosto, achei que seria talvez interessante (pelo menos, para mim é) dar uma vista de olhos nos nomeados das categorias principais (remeto-vos, se quiserem ver a lista completa das minhas previsões e de como me saí no meu blog antigo, para este link; e também vos deixo cá os links para os meus Prémios em Televisão 2010, Comédia e Drama) e ver quem são os favoritos à vitória.



Começo pelas categorias de Melhor Actor.

Pegando primeiro em Melhor Actor - Drama temos os seguintes nomeados:


Kyle Chandler, Friday Night Lights
Bryan Cranston, Breaking Bad
Matthew Fox, Lost
Michael C. Hall, Dexter
Jon Hamm, Mad Men
Hugh Laurie, House

Se formos analisar as interpretações ao longo da temporada, fico contente por terem sido estes seis os nomeados, apesar de considerar que Timothy Olyphant (Justified), Peter Krause (Parenthood), Charlie Hunman (Sons of Anarchy) e mesmo Mark Valley (Human Target) mereciam mais que Matthew Fox o sexto lugar. De qualquer forma, mesmo com bons episódios submetidos (Fox submeteu 'The End', o último episódio da série, para apreciação e Chandler decidiu ser avaliado pelo episódio 'East of Dillon'), não me parece que estes dois nomeados pela primeira vez consigam vencer. A vitória cairá, provavelmente, em Cranston (que submeteu 'Full Measure', um estonteante final de temporada e é o bicampeão em título desta categoria) ou em Hall (que escolheu para submissão 'The Getaway', que é também muito bom). Jon Hamm, apesar da excelente escolha de episódio ('The Gypsy and The Hobo'), vai ter que esperar por um ano mais fraco da concorrência. A minha dúvida reside em Laurie. É que não há dúvidas que House M.D. já esteve bem mais no topo do que está agora, mas Laurie continua a ser sempre extraordinário. E o episódio que submeteu, o primeiro episódio da temporada, é um episódio duplo e mostra tudo aquilo que ele consegue fazer com a personagem ('Broken'). Baseado só nos episódios submetidos (que era como supostamente devia ser feita a avaliação), ele ganha. Se os votantes da Academia acompanharem a temporada, não vejo como Hall ou Cranston possam perder. O meu voto? Vai para Cranston.



E vamos terminar a análise desta semana com os nomeados para Melhor Actor - Comédia:



Alec Baldwin, 30 Rock
Steve Carell, The Office
Larry David, Curb Your Enthusiasm
Matthew Morrison, Glee
Jim Parsons, The Big Bang Theory
Tony Shalhoub, Monk


Aborrece-me solenemente a Academia votar sempre nas mesmas pessoas, muitas vezes sem merecerem, como Shalhoub ou Carell (agradecemos de qualquer forma que ninguém se tenha lembrado de - ou melhor, que se tenham lembrado do mal que fez - Charlie Sheen) e depois também indo sempre na onda populista (Morrison), quando existem outras escolhas bem melhores que são excluídas, como McHale (Community), Duchovny (Californication), Jane (Hung) e Levi (Chuck) - nem vamos pegar em Jay Harrington (Better Off Ted), que limpava a categoria com facilidade (já sei que o Samuel vai ficar chateado comigo por não mencionar aqui nem Entourage nem It's Always Sunny in Philadelphia, que são duas favoritas dele).
 
Mas avançando... Analisando os episódios submetidos, Jim Parsons é quem tem o episódio mais forte ('The Pants Alternative' é dos melhores episódios do ano em comédia e dos melhores episódios de sempre da série), seguido de Alec Baldwin ('Don Geiss, America and Hope' é um dos poucos episódios de 30 Rock que alia perfeitamente o ridículo com o hilariante e dá a Alec Baldwin várias one-liners de génio). A escolha de episódio pode ajudar sobretudo Larry David ('Seinfeld'), pois irá trazer obviamente uma boa dose de saudosismo. Steve Carell escolheu 'The Cover-Up', onde ele cumpre mas não é nada de extraordinário (se bem que eu devia ser proibido de julgar episódios de The Office, uma vez que não considero de todo que tenha piada, excepto a 2ª temporada - coincidência ou não, venceu o Emmy de Melhor Comédia nesse ano) - como Baldwin e 30 Rock não tiveram muito bom ano, pode ser, no entanto, a sua altura de ganhar. Morrison optou por 'Mash-Up', onde eu não me lembro de ver uma cena em que eu pudesse avaliar a sua prestação como cómico. Tony Shalhoub foi bastante sagaz ao submeter para consideração o final da sua série, 'Mr. Monk and The End' e a nostalgia pode claramente resultar em seu favor. Se tivesse que apostar, diria que esta é das corridas mais apertadas dos últimos anos, mas o meu dinheiro está em Alec Baldwin para repetir o triunfo de 2008 e 2009 (o que, tendo em conta que Tina Fey só ganhou um como Melhor Actriz... Irrita um pouco). Esperemos que com o fim de Monk, o enterro definitivo de Sheen e a ineligibilidade de Curb Your Enthusiasm esta categoria abra portas a gente nova para o ano.

2 comentários

Comentar post