Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

Discutindo os Emmy 2011: Melhor Actor e Actriz Secundários - Drama

A contar os dias para o anúncio dos nomeados para os Emmy 2011 - que ocorrerá esta quinta-feira 14 de Julho, venho oferecer a minha opinião sobre quais os candidatos mais fortes nas principais corridas e tentar a minha sorte no jogo preditivo, tal e qual como faço para os Óscares. As primeiras categorias a que me dedico: Melhor Actor Secundário e Melhor Actriz Secundária - Drama.
MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO - DRAMA

 
 PREVISÃO:
Andre Braugher, Men of a Certain Age
Josh Charles, The Good Wife
Alan Cumming, The Good Wife
Michael Pitt, Boardwalk Empire
Michael Shannon, Boardwalk Empire
John Slattery, Mad Men

A lista de nomeados desta categoria este ano vai ser bastante diferente em comparação ao ano passado, sobretudo porque quatro dos seis nomeados de 2010 não vão poder estar presentes: Aaron Paul ("Breaking Bad") e Martin Short ("Damages") não viram as suas séries regressar nesta temporada televisiva, tendo ambas estreia apenas para este Verão; e Michael Emerson e Terry O'Quinn ("Lost") viram a sua série terminar o ano passado. Em teoria, faz sentido que John Slattery ("Mad Men") continue por entre os nomeados, juntando a sua terceira nomeação; já Andre Braugher ("Men of a Certain Age"), o outro nomeado de 2010 que sobra, pode cair para qualquer um dos lados - a competição é dura de roer, portanto embora eu mantenha a aposta na sua nomeação, não ficaria surpreendido se ele não a conseguisse.

De entre os ferozes competidores deste ano, duas séries emergem como potenciais providenciadoras, digamos, da categoria, dado o elevado número de candidatos que cada uma possui para integrar a lista de nomeados. Alan Cumming pode repetir a nomeação o ano passado por "The Good Wife", então na categoria de Melhor Actor Convidado e a ele provavelmente deve-se juntar um dos dois amores de Alicia Florrick - dos dois, dado o tempo de antena, Josh Charles tem a vantagem, mas também poderia muito bem ser Chris Noth (Matt Czuchry não deve, para já, ter hipótese de pontuar). Já de "Boardwalk Empire" a escolha vai ser mais difícil: Michael Shannon é o mais forte competidor, tendo como selo de qualidade a sua nomeação recente para os Óscares; e a minha outra escolha é Michael Pitt, indubitavelmente a maior figura da série, depois de Buscemi e o acima-mencionado Shannon (outras possibilidades incluiriam Michael Stuhlbarg e Michael K. Williams).

Se fôssemos por reais merecedores de nomeação, então a nossa lista não pode ficar completa sem Shawn Hatosy e Michael Cudlitz ("Southland"), Walton Goggins (Justified) e John Noble ("Fringe") que irão decerto obter votos, mas que não serão em princípio suficientes para lhes garantir a nomeação. Em "Mad Men" temos ainda Jarred Harris e Vincent Kartheiser como hipóteses mais remotas, em "True Blood" temos Alexander Skarsgard e Denis O'Hare (cuja interpretação na terceira temporada da série da HBO gerou enorme buzz), Billy Campbell em "The Killing" (que hesitei por algum tempo em colocar nas minhas previsões como upset da categoria em detrimento de Braugher), Scott Caan ("Hawaii Five-0") que recebeu uma nomeação para Globo de Ouro e, finalmente, de entre o grande elenco de "Game of Thrones", é possível que Peter Dinklage, esteja a Academia mais receptível à série de fantasia do que eu pensava, consiga o último lugar da lista.

MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA - DRAMA

PREVISÃO:
Christine Baranski, The Good Wife
Michelle Forbes, The Killing
Christina Hendricks, Mad Men
Kelly MacDonald, Boardwalk Empire
Margo Martindale, Justified
Archie Panjabi, The Good Wife

Neste grupo é provável que haja menos mexidas, com as três nomeadas que transitam do ano passado com enormes possibilidades de voltarem a marcar presença, com as premiadas Archie Panjabi e Christine Baranski ("The Good Wife") a repetir a nomeação, ao lado de Christina Hendricks ("Mad Men") que conseguiu finalmente ser nomeada a temporada passada e vem carregada de buzz, fruto da vitória recente nos Critics Choice Awards. Embora me deixe algumas reservas quanto à sua inevitável nomeação, a outra vencedora nos Critics Choice Awards, Margo Martindale ("Justified") tem sem dúvida uma das melhores interpretações do ano em televisão e seria um portentoso crime deixá-la de fora. 

Sharon Gless ("Burn Notice") recebeu uma nomeação o ano passado - ela que é uma veterana nomeada dos Emmy, tendo amealhado várias nomeações ao longo da carreira - e pode sem dúvida repetir; contudo, wishful thinking da minha parte leva-me a pensar que ela terá ficado com o sexto lugar dos nomeados em 2010, sendo portanto uma nomeação isolada, sem grande explicação. Claro que posso estar errado e ela voltar a conseguir estar na lista. Quem entrará com quase certeza absoluta nesta lista - e merecidamente o fará - é Kelly MacDonald, que deixou meio mundo boquiaberto com o seu talento em "Boardwalk Empire", sendo até uma das favoritas à vitória.

Finalmente, o último lugar da lista - aquele que mais confusão me dá em decidir - ficou com Michelle Forbes. Principalmente porque acho que "The Killing" vai ser entusiasticamente bem recebido pela Academia, também porque a AMC está a promover intensamente a série (agora que está habituada a ter sempre dois lugares nos nomeados para Melhor Série) e ainda porque se há nomeação plausível para os actores da série, ou é para Forbes ou é para Mireille Enos na categoria de Melhor Actriz e nessa categoria há certas "instituições" que prevalecem sempre. E Forbes tem batalhado arduamente para fazer nome em várias séries televisivas.

Outras possibilidades: a brilhante Kiernan Shipka ("Mad Men"); as multiplamente nomeadas Sandra Oh e Chandra Wilson e, com muito buzz à custa do episódio musical, Sara Ramirez ("Grey's Anatomy"); Emilia Clarke and Michelle Fairley ("Game of Thrones"); uma das descobertas de "Parenthood", Mae Whitman; Debra Winger e Amy Ryan ("In Treatment"), antigas nomeadas para o Óscar; a veterana Khandi Alexander ("Treme"); a MVP de "Southland", Regina King; e, uma vez que a sua série terminou, talvez Chloe Sevigny e Ginnifer Goodwin tenham hipótese de ganhar uma nomeação de despedida.