Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DIAL P FOR POPCORN

DIAL P FOR POPCORN

BACK TO THE FUTURE (1985)



Quando me aconselharam a ver "Back to The Future" eu torci o nariz, pois reunia um conjunto de características que não me conseguiam convencer:

Década de 80, que para mim consegue ser a pior a nível do cinema, música, arte, moda, política, conseguindo dar-nos coisas tão boas como os Smiths e absoluto lixo como eram as séries americanas (ou portuguesas) da altura (agora a maioria ainda continuam a ser uma verdadeira perda de tempo, no entanto, a qualidade técnica melhora e a não se torna tão violento para o olhar).


Título de blockbuster barato, que nos leva logo a imaginar metade da história só de olhar para o poster de apresentação.

A dificuldade natural de tentar manipular o tempo, transportanto realidades diferentes que necessitam de uma inteligente adaptação e de uma coerente coordenação. São tantos os que desgraçam as suas carreiras quando se metem nestes caminhos...


Mas há uns dias atrás, as excelentes recomendações que tinha sobre ele, convenceram-me a dar-lhe uma hipótese. O que vos tenho a dizer é que fiquei agradavelmente surpreendido. Já esperava que a ideia e a história do filme fosse esta, não o vou negar e é inevitavel não sabermos à partida o que nos espera, mas como já o disse aqui diversas vezes, muitas das vezes a diferença está na maneira como nos contam uma história. A ideia-base do "Back to the Future" é uma história que uma criança de 6 anos pode facilmente imaginar. O toque pessoal que Robert Zemeckis lhe deu, é que o tornou no sucesso que foi, é e certamente sempre será.


"Back to the Future" é um filme divertidíssimo. Um filme para nos fazer relaxar, rir, divertir-nos e fazer-nos sentir uma enorme empatia e amizade pelos protagonistas desta história.


Sem vos revelar muito, Marty McFly (Michael J. Fox) é um jovem cheio de sonhos e ilusões, sem sucesso na escola e com uma família completamente depressiva, em que o pai é um idiota e a mãe uma frustrada com a vida e o casamento. Ao conhecer o Dr. Emmett Brown (Christopher Lloyd) que uma lufada de ar fresco entra na sua vida e, mesmo perante todos os conselhos para que dele se afastasse, Marty acredita nas potencialidades dos projectos de Brown e ajuda-o na concretização dos mesmos.


"Back to the Future" conta a história do mais ambicioso e arrojado projecto do Dr. Emmet Brown: uma máquina do tempo, movida a plutónio, capaz de o transportar para qualquer momento da humanidade.

O que acontece a seguir, obrigo o leitor a descobrir. Este é um daqueles filmes que um dia vou certamente querer mostrar aos meus filhos. É uma história de miudos, que diverte imenso qualquer graúdo.


Nota Final: B+


Trailer:




Informação Adicional:
Realização: Robert Zemeckis
Argumento: Robert Zemeckis e Bob Gale
Ano: 1985
Duração: 116 minutos.

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2